Menu de Navegação

Caminho de Navegação

Página que exibe uma única notícia

Florianópolis pode ter estabelecimentos prisionais da Apac

Reunião realizada hoje (14/2/2019) na sede da Justiça Federal em Santa Catarina (JFSC) iniciou as conversas entre instituições públicas e privadas que podem resultar na instalação, em Florianópolis, dos primeiros estabelecimentos prisionais coordenados pela Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac). O modelo, que preconiza a autogestão e a corresponsabilidade, sobretudo do próprio preso, destina-se a indivíduos condenados definitivamente e que sejam considerados aptos a integrar o programa.

O encontro teve a participação da diretora do Foro da JFSC, juíza federal Claudia Maria Dadico; do procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) em SC, Darlan Airton Dias; do secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Leandro Lima; do presidente da Apac em Florianópolis, Nilton Almeida, e da presidente da Associação Beneficente São Dimas, Márcia Veiga, além das juízas federais com jurisdição criminal, procuradores da República e outros representantes. As propostas e sugestões de encaminhamentos serão levadas à Prefeitura e ao Juízo estadual responsável pela execução penal, em reuniões a serem designadas.