Menu de Navegação

Caminho de Navegação

Página que exibe uma única notícia

Projeto de reinserção das internas do semiaberto recebe menção honrosa da Ajufe

O projeto de reinserção social de mulheres que cumprem pena em regime semiaberto no Presídio Feminino de Florianópolis, por meio do trabalho de higienização e digitalização de processos antigos da Justiça Federal em Santa Catarina (JFSC), recebeu menção honrosa do 1º Prêmio Equidade de Gênero no Sistema de Justiça, concedido pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). Com o objetivo de reconhecer práticas institucionais bem-sucedidas em matéria de igualdade, o prêmio teve o resultado divulgado nesta sexta (15/3/2019) e será entregue em 1º de abril, em Brasília, durante o 3º Seminário Mulheres no Sistema de Justiça: Trajetórias e Desafios.

Resultado de convênio entre a JFSC e a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, o projeto está sendo desenvolvido deste agosto de 2018 e emprega atualmente cinco internas. Elas trabalham seis horas por dia, junto ao Núcleo de Documentação da JFSC, e recebem um salário mínimo por mês, com retenção de 25% para o fundo da Penitenciária da Capital. Desde o início, o projeto contemplou nove mulheres, das quais quatro já passaram para o regime aberto. Cerca de 6,7 mil processos, o que corresponde a mais de 3,2 milhões de páginas, foram convertidas para o sistema eletrônico.

Saiba mais:

JFSC e Secretaria da Justiça firmam convênio para trabalho de mulheres do semiaberto

Internas do Presídio Feminino de Florianópolis completam um mês de trabalho